Isolamento Quente
MAIS
Isolamento Quente
O isolamento térmico permite manter as temperaturas e proteger os processos e as aplicações industriais.
Isolamento Frio
MAIS
Isolamento Frio
Isolamento térmico a frio requer amplo conhecimento dos materiais bem como experiências, manuais e técnicas.
Funilaria Industrial
MAIS
Funilaria Industrial
Oferecemos soluções completas e eficientes nos processos de fabricação e manutenção de peças
Venda de Produtos
MAIS
Venda de Produtos
Fornecemos diversos produtos para o seguimento industrial.

Isolamento Frio

poliuretano_expandido_rigido_med

A Frasmil trabalha com diversos tipos de materiais. Poliuretano aplicado pelo sistema de injeção e pelo sistema de spray; calhas e placas pré-moldadas, tanto de poliuretano quanto isopor.

  • Poliuretano (denominado pela sigla PU) tem esse nome pois é formado por unidades de uretano ou carbamato.É amplamente usado em espumas rígidas e flexíveis, em elastômeros duráveis, adesivos, selantes,fibras, peças de plástico, vedações tintas etc…
    O poliuretano, atualmente, é considerado o melhor isolante térmico para temperaturas entre -50ºC e 100ºC, e por esta razão, a Frasmil trabalha unicamente com esse material para solucionar problemas de impermeabilização.

Isolamento Quente

isolamento-quente

O isolamento térmico é muito utilizado em diversos setores da área industrial e visa dificultar a dissipação de temperaturas altas ou baixas. Com ampla gama de aplicações, o isolamento térmico quente ou frio constitui a base de processos técnicos complexos e em ambientes severos aos quais diversos equipamentos são submetidos.

O isolamento térmico quente é solicitado, principalmente, por empresas de refinaria, indústrias químicas, indústrias de alimentos, de papel e celulose, de ventilação e de aquecimento, de ar-condicionado, empresas que manipulam gás natural, biomassa, entre outras, inclusive, as que dispõem de tecnologia ambiental.

A Frasmil atua na isolação térmica de tubulações, caldeiras, fornos, estufas, câmaras frigorificas, tanques, etc.

Funilaria Industrial

fi

A Frasmil atua na proteção mecânica e acabamento para isolamentos térmicos em tubulações, equipamentos, câmaras frigoríficas, etc., utilizando chapas de alumínio lisa ou corrugada aço galvanizado, pré-pintada, aço inoxidável e fiberglass, dispondo de todo os equipamentos necessários ao desenvolvimento dos serviços.

Tendo uma fabricação de ótima qualidade, os funcionários da Frasmil são totalmente capacitados e treinados para desenvolverem peças sob medida dos mais diversos tipos de materiais nos mais diversos serviços.

Tubulações

fotos_059

Quando um sistema está em temperatura maior ou menor que a ambiente, ocorrerão trocas de calor, que poderão alterar sua temperatura e ainda resultarão numa perda de energia. Para reduzir tais efeitos se emprega basicamente uma camada de material de baixa condutividade térmica sobre as superfícies de troca.

O isolante térmico (como também o acústico) incorpora em seu interior uma grande quantidade de pequenas bolhas de gás, evitando sua movimentação e reduzindo assim a transferência de calor por convecção. Como a condutividade térmica do gás é baixa, a condutividade do isolante térmico tenderá a este valor. A condutividade térmica do gás e conseqüentemente do material isolante varia com a temperatura de trabalho.

A condutividade do isolamento, apesar de poder ser encontrada em livros texto a título e referência, deve ser confirmada junto aos fabricantes.

A condutividade é função também da idade e do conteúdo de umidade do material.
Algumas características desejáveis ou necessárias dos isolantes seriam: resistência às temperaturas as quais será submetido ( fusão e combustão); não toxidez; facilidade de aplicação; bom preço; resistência a agentes agressivos e as intempéries e resistência mecânica.

Caldeiras

fotos_146

O isolamento térmico de caldeiras e suas linhas de distribuição de vapor é crucial para diminuir ao máximo a perda energética. O rendimento térmico e seu controle é fator decisivo para que o desempenho do equipamento seja satisfatório e que atenda as demandas produtivas.

É necessária a orientação da equipe de trabalhadores da empresa (ou terceirizados) para que o isolamento térmico de tubulação não seja danificado durante a a manutenção de identificação dos pontos de perda de energia, caso não haja possibilidade da troca ou manutenção da válvula sem desmontar o isolamento, é necessário que o mesmo seja reposto imediatamente antes do religamento da linha.

Para a manutenção correta de válvulas e flanges sem danificar o isolamento térmico, as partes devem estar acondicionadas em “caixas” especialmente dotadas de presilhas onde podem ser abertas e depois colocadas de volta mantendo o isolamento térmico da tubulação em perfeitas condições.

Fornos

isolamento-forno

Cada tipo de forno requer uma modulação diferente do revestimento para isolamento térmico. Para selagem de tampas de forno-poço e de campânulas de fornos de cozimento, por exemplo, recomendam-se as mantas de fibra de cerâmica, por serem leves e apresentarem ótima elasticidade.

Para esse mesmo tipo de forno e para isolamento térmico de forno de queima de refratário, de reaquecimento de lingotes, de queima de cerâmica, de forjaria e de pirólise, os módulos são mais resistentes, pois são mais estáveis térmica e fisicamente, assim como a choques térmicos.

As gaxetas são utilizadas com mais eficiência em vedações térmicas de portas de fornos, por serem mais flexíveis, resistentes e estáveis em contato com altas temperaturas.

Estufas

isolamento-estufas

Existem diversos tipos de isolamento térmico, cada um com suas particularidades. Porém, nem todos servem para a mesma aplicação. Se há a necessidade de isolamento térmico para tubulação de estufas, uma ótima opção é o isolamento com tubo de lã de rocha bipartida. Além de ser um excelente isolante térmico, também auxilia no isolamento acústico, mostrando-se uma opção interessante.

O isolamento térmico para tubulação de estufas por meio de lã de rocha bipartida é muito eficiente. Sua função principal é isolar termicamente a tubulação, porém, além disso, esse tipo de isolamento também isola acusticamente os tubos.

Câmaras Frigoríficas

camara-frigorificas

Uma câmara frias é qualquer espaço de armazenagem, que tenha as suas condições internas controladas por um sistema de refrigeração. Existem basicamente dois tipos de câmara frias:

  • Câmaras de Resfriados, cuja finalidade é proteger os produtos em temperaturas próximas de 0 ºC
  • Câmaras de Congelados, cuja finalidade é prolongar o período de estocagem dos produtos, à baixas temperaturas, em geral abaixo de -18 ºC.

 

Característica de uma câmara fria

Nos grandes centros urbanos, por necessidade de se garantir o abastecimento ás populações, tornam-se cada vez mais importante as câmaras frigoríficas. A construção destas câmaras exige grandes cuidados com a isolação térmica que deve ser feita com bons materiais e que sejam duráveis, o EPS tem se mostrado excelente para este tipo de serviço. As câmaras podem ser fabricadas ” in loco ” ou pré fabricadas em painéis.

Tanques de Amazenagem

fotos_170

O isolamento térmico para tanques é muito importante, haja vista que auxilia na manutenção da temperatura do tanque. Dessa forma, existe uma economia de material combustível, pois a variação de temperatura dentro do tanque não sofrerá alterações consideráveis. Um método que pode ser utilizado para isolamento térmico para tanques é o isolamento térmico com fibra cerâmica. Seguem mais informações acerca desse tipo de isolamento.

O isolamento térmico para tanques com fibra cerâmica pode ser aplicado em indústrias, sendo usado em equipamentos com temperaturas elevadas, como caldeiras, fornos e tanques. A fibra cerâmica, utilizada para esse isolamento, é um material composto por meio da eletrofusão de alumina e sílica, em uma temperatura extremamente alta, de aproximadamente 2000º C. A composição básica dessa fusão é de 48% de alumina e 52% de sílica, mostrando-se um material muito resistente, aguentando temperaturas de até 1380º C.

Gerenciamento de Obras

ger

Gerenciar uma obra significa administrar, simultaneamente, o cumprimento do cronograma e a previsão financeira, gerindo profissionais que têm formações e práticas diversas. Quem assume essa função deve dominar custos, contratos, prazos, ser organizado e um bom gestor de pessoas.

Há várias escalas de gestão de uma obra. O modelo mais adequado deve ser definido previamente com o contratante e acordado contratualmente. De modo geral, há o gerenciamento total, que inclui a contratação de materiais, serviços e mão de obra: é o famoso turn key, no qual todos os serviços ficam centralizados em um único escritório.

Independentemente do modelo adotado, fazem parte do escopo do gerenciamento:
– a elaboração do planejamento físico-financeiro da obra;
– a programação de aquisição de materiais e contratação de serviços, incluindo cronograma de suprimentos;
– o planejamento operacional e logístico da obra, incluindo o planejamento do canteiro;
– o controle e o acompanhamento das atividades executadas (gestão de mão de obra e de segurança);
– a retroalimentação do planejamento físico-financeiro.

É por isso que a Frasmil vem se destacando no mercado como a melhor empresa de Isolamentos Térmicos da América Latina, devido seus cumprimentos de prazos e sua ótima gestão de obras em um mercado cada vez mais competitivo onde a qualidade e prazo andam lado a lado.